17/02/2009

Na pauta: a gelatina!

| |
Olá pessoal!

Perdoem este pobre e miserável ser que vos escreve pelo sumicinho bááásico, rs... A internet por aqui não dava as caras desde domingo. Mas enfim...

Ontem estava eu fazendo uma gelatininha básica quando fiquei me perguntando se a danada é mesmo tão boa quanto dizem. Falam que ela ajuda na celulite, que não possui gordura, que sacia e funciona para mulheres na menopausa. Será benhes?

Pois bem, dei sorte de comprar uma revista (a minha "menina dos olhos" da vez, Corpo a Corpo) que respondia a essas perguntas. Agora vou eu, pegar meu microfone e ir entrevistar a dona gelatinosa. Foi uma entrevista muito tranquila, vi que dona gelatina estava toda firmezona, com um ar saudável e que é muito educadinha. Vamos à entrevista:

Denny - Dona Gelatinilda, a senhora é mesmo tão boa quanto dizem, ou é papo furado?
Gelatinilda- Meu bem, eu sou gostosa e disso todo mundo sabe! Mas quanto ao fato de eu ser tão boa, depende do ponto de vista... O que exatamente você quer saber?
Denny- Ok, vou ser mais específica: o seu uso regular dá mesmo aquela ajudeeenha para prevenir a celulite e dar uma firmada na pele, ou é balela?
Gelatinilda - Que balela que nada minha feelha! Eu vou direeeto na celulite e melhoro a elasticidade da pele. Não trabalho de bobeita nããão! Eu faço minhas drenagens linfáticas e evito que se acumule líquido entre as células. Mas, lógico que sozinha, não faço milagre. Se não se cuidar, nem apelando pro Negrinho do Pastoreio resolve...
Denny- Uau, Negrinho do Pastoreio... essa foi boa, rs...
Gelatinilda - Boa, não ótima, rs...
Denny - Certo, certo... E a senhora possui muita gordura?
Gelatinilda - Senhorita, SE-NHO-RI-TA! E por acaso você está me chamando de GORDA? Fala sério. Não possuo gordura nenhuma, sou toda saradinha. Sou composta por 87% de proteína, 1% e sais minerais e 12% de água. UM LUXO!
Denny - Hum... bom saber... E quanto à saciedade? Você sacia mesmo como dizem?
Gelatinilda - Querida, quem come gelatina não quer saber de outra coisa! Com tudo isso de aminoácidos, eu vou agir direto no centro do apetite, estimulando a satisfação e ainda dou aquela "inchadinha" básica no estômago, e aí melhora ainda mais a situação...
Denny - Que interessante... Ótimo! E agora, já vimos que a senhorita faz muito sucesso entre os mais jovens. O sucesso se repete entre as mulheres na menopausa?
Gelatinilda - Modéstia à parte, é nessa fase que dou um grande "help" extra. Sabe né, dos 45 anos de idade em diante a mulher perde cerca de 2% de colágeno ao ano. E como eu estimulo a produção do danado... Sou a opção perfeita!
Denny - Nossa, adorei esta entrevista. Gostaria de lhe agradecer pelos esclarecimentos, em nome da Blogosfera Light, e queremos dizer que a senhora, definitivamente, é uma delícia!
Gelatinilda - Que é isso, eu que agradeço o IBOPE!
Denny - Certo... a senhora vai me desculpar mas eu não resisto... NHAM!

E a entrevista acaba apenas com a reportér, tendo ocorrido um caso suspeito de desaparecimento da entrevistada.


Hehehehe, só eu mermo pra escrever essas bobagens, rs...
_____________________________________________________________

Bom, primeiramente quero agradecer à Daiene e ao Leandro pelos selinhos fofos que recebi! Amanhã estarei postando eles, com as indicações, certo?
_____________________________________________________________

No mais aqui tudo certo, me pesei ontem e arredondei para os 72Kgs, muito bom. O resultado mesmo, só quando chegar em casa na minha balança, rs... Mas dá pra ir dando uma prévia. A cabeça que anda meio ruinzinha, tenho momentos de ansiedade que vem do nada e encuco com bobagens. Ainda ando com aquela cólicazinha xarope há umas 2 semanas, que saco. Não é forte, é bem fraquinha, mas não gosto de sentir dor, por menos que seja. Mas enfim...

À tarde vou visitá-los, por hora vou encarnar a Escrava Isaura e ir pra limpeza da casa e fazer almoço. Ê vida, rs, rs... Mas vou acampar de sexta à terça-feira, dar uma fugida do Carnaval (que não gosto, rs), em Sta Bárbara do Sul. Se preparem, rs...


Bjs gente.


FUIZ...

Comentário(s)
Comentário(s)