21/06/2009

Semana de mudanças, que tal?

| |
Oi pessoas queridas!

Bom, eu decidi travar uma lutinha contra os meus desgraçados amados efeitos do corticóide. Eu sei que o bendito faz reter muito líquido, e alguma coisa mais. Portanto, para eu conseguir algo, vou ter que mudar meu foco para a retenção hídrica. Muito bem. Faz quase um mês que não tomo o chá de hibisco por pura preguiça de fazer. Hoje já fiz. Vou caprichar na água também, coisinha que tenho negligenciado, tomando muito pouca/quase nada de água. Diminuir a ingestão de sal ajuda um monte também. Então vamos lá né.

Ando com muito trabalho, os relatórios terminaram (pra logo recomeçar) e agora são os pareceres descritovos das crianças para a entrega de boletins. E tem a Festa Junina também, então essa semana será punk. Tem também os reforços que vou dar para uma turminha que precisa demais, e isso tudo envolve planejamento, etc e talz. Correria a milhão.

Outra coisa que anda me preocupando é a questão do casamento, algumas coisas estão dando errado, outras preciso acertar os detalhes e parece tanta coisa que às vezes acho que não vou dar conta!

Tudo isso junto, tem aumentado meu estado de ansiedade. Muitas vezes fico tão atacada que chego a ficar enjoada. E hoje ainda tem as cólicas de brinde. Mas tudo bem. O que incomoda mesmo é a ansiedade.

Para amenizar a situação, fui numa lojinha e comprei umas lãs. Então, em 2 dias fiz esse cachecol que está na foto, ficou lindo né? Comprei uma lãzinha peludinha pra disfarçar meus pontos tortos minha falta de prática. Como dá pra ver na foto, meu rosto está mais gorducho, ô raiva. Mas, por incrível que pareça, não acho que tenha ganho muito em termos "corporais", já que calça nenhuma apertou nem nada. Menos mal. Mas Kinho vindo, quero ver se dou um ligeirão e perco algum peso pelo menos. Tenho duas semanas. Será? Vamos ver.


Beijos gente, uma ótima semana pra todos!


FUIZ...

P.S.: estou muito melhor da asma! Ainda tenho crises por esforço físico, mas isso não tem remédio que mude né? Com a atividade física, o corpo vai ficando mais resistente e isso vai diminuindo também!
Comentário(s)
Comentário(s)