19/07/2009

E sim, eu dou notícias!

| |

Oi gente querida do meu coração!

Como estão todos? Eu estou morta de saudades! Sinto muita falta de poder postar e visitar todos, mas realmente acho muito chato ficar atualizando sem poder retribuir todos os comentários! Dá aflição!

Mas enfim, vamos às noticias.

Minhas últimas semanas têm sido corridas demais. Muita correria, muitos impasses, muitos dilemas, pressão a mil. Ando fazendo uma força enorme para ficar na minha, porque ando irritadiça demais, qualquer besteirinha me estressa, desde um derrubar algo sem querer a uma respiração forte na hora errada. Ando insuportável! Claro, eu sou campeã em engolir emoções e fingir estar tudo bem (quase sempre, rs), e tenho conseguido não descontar em ninguém. Ando meio "bipolar" (existe isso? "meio" termo? rs, rs, rs), em uma hora estou super feliz com tudo, acreditando que tudo vai dar certo, e logo em seguida fico muito triste, angustiada e tudo o mais. Mas é uma fase, logo resolvo esses pepinos e volto ao meu normal. Já fiz a imensa maioria das coisas que tenho a fazer, então está quase acabando!

Mas já fiz muita coisa chata, por conta da cabeça mais aluada ainda que o normal. Troquei o dia do aniversário de uma grande amiga minha, e o pior, para DEPOIS da data! Isso que eu já havia dado uma enorme mancada com ela, pois ela queria me ligar para desabafar, estava com problemas, e eu deveria dar um toque quando estivesse livre. E quem disse que eu lembrei de dar o tal toque? Fala sério, tô "dumal".

Os dilemas na hora de montar a lista de convidados foram infinitos! Ter que retirar pessoas que gostaria que estivessem lá, por não poder bancar uma festona foi, no mínimo, doloroso. Ter que escolher que amigos convidar, quais não convidar... E no meio disso tudo, que pra mim foi sofrido pra caramba, ter que inserir pessoas que eu não queria na minha lista, por conta dos meus pais. Tudo bem, ossos do ofício, mas é dolorido tirar amigos da lista para pôr pessoas que não faço questão que estejam presentes. Também estão querendo me "empurrar" alguns padrinhos, quando já estou com o grupo quase definido... Pessoas contando certo que vão ser padrinhos e a realidade é outra... E eu e essa minha mania de querer agradar todo mundo, não decepcionar ninguém... Tô sofrendo um monte, me sentindo pressionada...

E ainda há as comparações que sei que virão (algumas já vieram), pois recentemente alguns amigos meus casaram e convidaram todo mundo, muita gente. Mas havia um detalhe: cada convidado pagava seu jantar e bebida. No meu caso, eu vou pagar, não acho legal isso. Cada um pagando o seu fica fácil.

No meio disso tudo definimos o buffet, fechamos o cardápio, o preço ficou bem em conta por conta de alguns serviços que vou prestar ao dono do mesmo (que bom, que bom!), fizemos os convites (eu achei lindos!), só estamos terminando os detalhes destes e a decoração, que vai ficar linda (ao menos eu acho, rs). Eu sou muito do "menos é mais". Não gosto de coisarada, muita flor e tudo o mais. Acho lindo! Mas a festa tem que ter minha cara e essa não é minha cara, então vai ficar simples e lindo! O preço, infelizmente, por ser simples e lindo, não baixou não, rs...

Na pressa de fechar tudo, acabei sendo descuidada. Não consultei minha mãe, não pedi opinião, nada. Resultado: ela ficou MEGA ofendida, me deu uma baita destratada, e fiquei malzona. Sei lá, não pensei em fazer reuniã de família para cada detalhe, até porque há duas famílias envolvidas e uma em cada cidade. Mas eu deveria ter perguntado algo, não lembrei mesmo, ela ficou MUITO BRAVA mesmo. Agora já aliviou, mas ela me disse tanta coisa que acabou me magoando pra caramba. Ela está certa, mas a maneira como colocou as coisas foi bem cruel, até porque, assim como eu não pedi a opinião, ela viu eu fazendo tudo e não se ofereceu pra ajudar, nem perguntou nada, só jogou tudo na cara depois. Erro de ambas as partes. E mais uma pra minha coleção da semana. Eita!

E também tem o aniversário do meu sobrinho e eu tô sem grana pra ir, e o Kinho vai estar aqui. Portanto eu quero ir, mas quero ficar com o Kinho. E eu tenho dinheiro na poupança, mas também tenho um casamento, a entrada de uma casa que queremos comprar no final do ano, e mobília para uma casa. Portanto tenho, mas não tenho dinheiro. Mas quem vai entender isso? Ninguém.

No final de tudo, o que me deixa mais perdida é ver muita gente não confiando nas minhas decisões, na minha capacidade de escolha e por achar que eu sempre faço a opção errada. Pessoas querendo que eu faça as coisas cmo elas querem, querendo escolher as coisas por mim e achando que eu tenho que agradar a todos. Minha cabeça tá dando pinotes minha gente! Se não fosse o Kinho aqui, que tem me ajudado um monte (ajudou a fazer bolo e tudo, modelou bem casados, fez os convites, cortou todos e está amarrando as fitas, ajudou na escolha, me acompanhou em tudo e ainda me deu ombro), não sei se teria dado conta de tudo! Falta terminar os convites, e entregar (meio cedo, eu sei, mas só agora pro Kinho entregar junto). Mas pelo menos nos próximos meses tudo será tranquilidade, e só enlouqueço de novo em dezembro! Rs, rs...

Então minha gente, continuem torcendo por mim, estou quase lá, loguinho virá a bonança e eu volto aqui com mais tranquilidade! Obrigada a todos, mais uma vez!


Beijos.


FUIZ...

07/07/2009

E segue o barco, que eu tô a mil!

| |
Gentre, ando bem doida aqui, novamente com um milhão de coisas pra fazer. O Kinho está aqui e estamos correndo e fechando o máximo de contratos de serviço que conseguimos para o casamento. Já fechamos buffet, e temos que fazer os convites, entregar, acertar decoração, etc, etc, etc... E como vamos fazer nossos próprios convites, imaginem a doideira em que eu me encontro.

Eu amo esse meu blog, mas não está me sobrando tempo algum! Não estou nem indo à academia, mas tenho caminhado tanto que me doem as pernas todos os dias. O ruim é que as costas têmme feito sofrer também. Estou numa dieta acirrada, de shakes, que achei numa revista. Achei muito viável, sacia demais e, se funcionar, repasso pra vocês.

Estive muito desanimada, mas meu noivo me deu uma força tão grande que meu ânimo voltou com tudo. Por isso que amo ele!

Bom, notícias rapidinhas só. Ah, torçam por mim, é muita coisa pra fazer em pouco tempo (e estou dando cada nó para baixar o orçamento que está curtíssimo...), e pra ajudar chuva se semana toda, e chuva torrencial, está atrasando tudo, mas estou dando conta mesmo assim! É o que importa!

No Twitter, que é rapidão, é mais mole de me acompanhar, mas ainda sim venho rareando por lá.

Enfim, logo eu volto à ativa e aí respondo todos vocês, obrigada pelo carinho e por não me abandonarem!

Beijocão!


FUIZ...