07/10/2010

Me alimentando de cultura

| |

Olá pessoal!


Tudo certo com vocês? Vejam só, estou ficando mais frequente no blog. Percebi que isso aqui realmente me faz falta. Abandonei e deu no que deu, né? São alguns minutos do meu dia que valem a pena ser gastos aqui.

Hoje o dia está uma loucura só. Choveu a noite toda e a manhã passou-se entre focos de sol aqui e ali, tempo escuro e céu carregado, trovões, chuviscos, garoas e muito, muito vento. O tempo faz cara de poucos amigos, anuncia um temporal, desiste e o sol sorri. E aí começa tudo novamente.

Meu marido começou hoje a trabalhar em uma cidade vizinha. Lá, dará aulas de Cinema e Pintura, dois dias na semana. Então minha rotina meio que bagunçou. Também começou a Feira do Livro. Minhas colegas todas foram na abertura e eu fiquei chateadona de não poder ir, porque recebo o malote e não posso me ausentar. Sou fã do Moacyr Scliar que iria palestrar e eu sem poder ir. Tenso. Mas entãoa sorte mudou. Ao meio-dia saí e dei uma passada na Feira do Livro. Voilà! Eis que o Moacyr estava palestrando. Sem pensar duas vezes, matei metade do meu horário de almoço devorando as palavras dele. E só não gastei mais porque a palestra terminou. Tirei foto com ele, depois posto aqui, saí com a cara mais horrenda desse mundo, pelamor. Enfim, fui no supermercado, comprei um sanduíche integral de peito de peru para não destruir minha RA, e um suco natural. Sentei na praça, aproveitando o momento de sol e comi. E percebi que outras pessoas fazem isso tambem: almoçar sentadas no banco da praça, interessante, rs. Acho que vou adotar o método nos dias em que meu marido for trabalhar. fazer almoço só pra mim, absolutamente não rola. Então, também comprei uma bandeja com frutas picadas (abacaxi, morango, mamão e kiwi) que achei na gôndola dos sanduíches, achei bacana, já tenho meu lanche da tarde. O interessante é que o vento foi tanto, mas tanto, que ao voltar para o trabalho olho na vitrine e quase me confundo com a Tina Turner.

A solução foi passar na Panvel (farmácia) e comprar uma escova de cabelo e elásticos, rs...

Essa semana passei num mau humor quase insuportável, e hoje não foi diferente. Humor oscilando, na verdade. Então me dei conta de algo: estou sem meu remédio pra Síndrome do Pânico desde sábado. Oi Denise? Peço pra levar né. E não posso sair do trabalho para ir ali noconsultório pegar, ou a chefinha vai pirar comigo. Saco depender de remédios para ser "normal".

Enfim, meu dia já valeu por ver o Moacyr e passar meu horário de almoço me alimentando de cultura. ;)


Beijos.

P.S.: quem quiser ver a Bibliografia de Moacyr Scliar, espia aqui ----> http://www.releituras.com/mscliar_bio1.asp
Comentário(s)
Comentário(s)