27/02/2011

Morre um Imortal

| |

Hoje faleceu Moacyr Scliar, escritor gaúcho de 73 anos e imortal da Academia Brasileira de Letras desde 2003 (eleito por 35 dos 36 membros da Academia). Não tenho o costume de noticiar nada do gênero aqui no blog, mas ele merece, sempre foi um dos meus favoritos. Formado em medicina, com diversos cursos no exterior, especialista em saúde pública como médico sanitarista, pós-graduado em Israel, Doutor em Ciências e, a convite, professor visitante na Brown University e na University of Texas.

Escritor desde 1962 quando lançou "Histórias de um médico em formação", não parou mais. Atualmente colaborava com excelentes textos para o Jornal Zero Hora, o maior do estado do Rio Grande do Sul.

Alguns de seus livros mais conhecidos:
  • O exército de um homem só (1973).
  • Um sonho no caroço do abacate (1995).
  • O sertão vai virar mar (2002).
  • entre outros.
Tive a oportunidade de vê-lo no ano passado, em uma de suas palestras aqui em Santo Ângelo. Excelente sua maneira de se comunicar com jovens e adolescentes. Não sou de tietagem, mas aproveitei a oportunidade para coneguir uma foto com ele:


Minha pessoa está medonha na foto, mas ele vale o mico, rs. Você pode acessar a notícia sobre seu falecimento no portal Terra, clicando AQUI.

Para acessar a bibliografia do autor, acesse AQUI

E acesse sua biografia no site da Academia Brasileira de Letras AQUI..

Sem dúvida, perdemos um grande homem. 



"Para sempre é muito tempo. O tempo nunca pára. Só a saudade é que consegue amargamente fazêr as coisas pararem no tempo. Como é triste não ter tanto tempo para quem se ama..."

(Moacyr Scliar)


Imagem: Portal Terra


Beijos.
Comentário(s)
Comentário(s)