28/01/2012

As coisas boas superam as ruins :)

| |
Ô semana cheia viu gente? Aconteceu de tudo, só não morreu ninguém ao menos, rs. Mas tive uma semana BEM movimentada. Tive notícias doidas, decepcionantes (como o caso da minha conta Google invadida que, enfim descobri quem foi, mas deixa pra lá), mas as coisas boas superaram tudo.

Comprei um climatizador há algumas semanas pela internet e aguardava ansiosamente pela chegada dele. Chegooooou! No verão isso é uma maravilha. Vejam bem, ele é um CLIMATIZADOR, não um ar condicionado. São duas coisas diferentes, ainda que mesmo os vendedores das lojas tenham mostrado dificuldade em distinguir um do outro. Eles são bem diferentes, visualmente falando, e tem funções semelhantes, mas não idênticas. Vou testar mais uns dias, e dizer para vocês o que estou achando dele, porque se for bom mesmo, será uma dica ótima de uma excelente relação custo X benefício. Por hora a temperatura está amena, quando esquentar mesmo poderei dar um parecer definitivo. Vamos aguardar. 

Outra notícia MUITO boa é que enfim, saiu minha alteração de nível. Quem me acompanha soube da briga que travei com a Uninter para conseguir meu diploma e enfim isso. Para vocês entenderem melhor: fiz o concurso quando ainda tinha Ensino Médio (curso "normal", preparatório para o magistério) e meu salário básico correspondia ao nível médio, ou seja, UMA MISÉRIA. Ruim mesmo. Então fiz faculdade e tal, bueno. Aí começou a ladainha: com a faculdade, de posse do diploma eu teria uma promoção, que aumentaria consideravelmente meu salário. Mas foi uma novela para conseguir meu diploma, por "N" razões, e levei uns 3 anos para consegui-lo efetivamente. E mais outra novela para conseguir a papelaiada toda para poder encaminhar o processo de alteração de nível (a boa e velha buRRocracia). Agora está aí, venci, a partir do final de fevereiro enfim começo a receber um salário compatível com o nível superior. Não é uma notícia deliciosa?

Com relação à dieta, não foi lá aquelas coisas, teve meu aniversário, salgadinhos, docinhos, enfim, imaginem. Mas levei na boa na maior parte do tempo. Ainda não me pesei, só final do mês. Vamos aguardar. 

Então posso dizer que minha semana fechou com saldo positivo. Estou aprendendo muitas coisas nos últimos tempos, coisas que estão sendo importantes para mim e para o meu crescimento pessoal. Porque mesmo as coisas ruins nos trazem aprendizado. Meu marido diz que sou ingênua e confio demais nas pessoas. E que de vez em quando, para me proteger, eu deveria ser mais "ruinzinha". Concordo em partes. Ser "ruinzinha" não é algo que eu consiga ser facilmente. Só se algo/alguém me provocar demais e eu perder as estribeiras. Também tenho meus limites. E, por ser professora, meu limite é imeeeenso, rs... Mas né, até eu tenho um. Sei que vamos indo, vivendo, aprendendo e valorizando apenas o que deve ser valorizado. 

Agora fica um verso/pensamento que li hoje no Facebook e combinou demais com essa minha fase.


"Eu não sou tão forte quando eu previa, nem tão fraca quanto eu temia... 
Não tenho o passo rápido como eu gostaria, nem paraliso como eu poderia...
Aprendi a me equilibrar nos extremos.
Se não tenho o direito de escolher, me posiciono de acordo com os fatos.
No final, o que me move não é forte o suficiente para me derrubar, 
mas é intenso o bastante para me fazer ir além."

(Fernanda Gaona)



Beijão!


Imagem: We Heart It
Comentário(s)
Comentário(s)