15/02/2014

Aquelas coisas que só acontecem com os outros...

| |

Na quinta-feira, perto das 20h, a avó materna do meu marido faleceu. Vó Dolores Maria Pedroso, vó querida, forte, teimosa como só ele soube ser tanto, rs. Descansou, estava doente, 89 anos. Difícil sentir esse tipo de dor, mais difícil ver quem amamos sentindo. Alguns filhos estavam viajando, ver a dor deles chegando da viagem direto para o funeral da mãe foi algo muito, muito triste. O funeral... ao sino badalando enquanto descíamos o caixão ao cemitério... 



Sabem, o final de semana poderia ter parado por aí. Mas enquanto estávamos no funeral, logo pela manhã, recebo mais uma notícia dolorosa: minha avó materna, minha vozinha amada, sofreu um AVC, que logo mais descobriram ser hemorrágico. Foi encaminhada pelo SAMU para o hospital de Passo Fundo, hospital com mais recursos que o de Palmeira, onde um neurocirurgião a aguardaria. No caminho, mais um AVC, hemorrágico novamente. Pra resumir, minha vozinha está na UTI, respirando apenas com a ajuda de aparelhos e com 10% de chances de sair dessa. Se a operarem, provavelmente não resistirá à cirurgia. Se não operarem, a hemorragia interna vai levá-la.

Olha, uma agonia sem fim essa de se esperar notícias. Estou aqui em Santo Ângelo, não fui para Palmeira ainda por não ter ônibus no final da noite pra lá (pois é, pois é), e não sei se vou ser de muita ajuda nesse momento. Quem sabe eu vá amanhã de manhã, quem sabe espere, sei lá. Ainda exausta de um funeral, mas é impossível dormir. Me dói pela minha amada vózinha, e pela dor horrorosa que minha mãe deve estar sentindo.


Minha vózinha Dalty, meu amor, meu doce. Professora como eu, sempre doce, até quando brigava conosco. Não ouso pedir a Deus que a permita viver, não sei com que sequelas ela poderá ficar, não sei qual será sua qualidade de vida. Mas meu coração humano, egoísta, quer mais um minuto, mais um beijo, mais um abraço, mais um "bênção vó", como ela nos ensinou a fazer. Mas tento manter a sensatez e pedir que Deus a poupe de sofrer, apenas isso.

Bom, um post desabafo, apenas isso.

Vó te amo. Te amo. Te amo. Te amo. Te amo. 
Comentário(s)
Comentário(s)