21/12/2014

Enfim, férias!

| |
Eu sei, o blog ficou largadão nestas últimas semanas. Mea culpa. Eu bem queria não ter feito essa "pausa", mas não adianta, há momentos em que o trabalho fica puxado, eu sobrecarregada, e preciso optar. O blog ainda não paga minhas contas. As parcerias só ficam se a atualização for constante e tiverem retorno em visitas, mas essa é a minha vida, enquanto o blog não pagar minhas contas, preciso priorizar o que pague. Mas enfim, retornei e agora posso respirar aliviada e passar a me dedicar ao blog novamente. Eu gosto dele recheadinho de posts diários, de visitas e tudo o mais! Então já começo a retomar o ritmo. 

Como o título diz, estou em férias. Parcialmente, ainda tenho alguns plantões para fazer na escola, mas em meio turno já estou totalmente de férias e isso é um alívio sem igual. As últimas semanas foram uma loucura. Formatura dos alunos, viagens, elaborações de provas, aplicação de provas, correções de provas (provas! provas! provas!), recuperações, exames finais, fechamento dos diários de classe, relatórios finais, entrega de notas, limpeza da sala, comemorações de final de ano, ufa! Além disso tudo, meu marido e eu decidimos construir uma casa. Dependemos apenas de um negócio fechar de vez para iniciar a construção em si, mas meu marido já fez todas as marcações no terreno e tal. Vai ser um projeto muito especial, é provável que façamos um blog sobre isso, não será uma casa convencional, quando tudo estiver acertado contarei para vocês!

No mais, esse clima de final de ano me fez repensar muitas coisas. Esse ano foi MUITO difícil, creio que o mais difícil de todos até então. Foi o ano em que emagreci muito e voltei a engordar muito também (não pus tudo a perder, mas andei muito caminho para trás). Por isso recebi (e ainda recebo) muitas cobranças, olhares, comentários e e-mails. Tenho noção da minha responsabilidade ao expôr minha vida aqui, sei que isso serve de "exemplo" para muita gente, tanto positivo quanto negativo. E quando as coisas não saem bem a cobrança é enorme. Pesada. Também foi o ano em que, aos 31 anos, recebi o diagnóstico de menopausa precoce, e a possibilidade de ser mãe chegou a praticamente zero. Ainda estou atrás de outras opiniões, mas o processo é lento e eu saí do modo "loucura" pro modo "fazer o que se pode". Ainda sofro, há dias em que nada mais faz sentido e ainda não consegui reconstruir meus sonhos para o futuro, ele ainda é uma grande incógnita pra mim, já que quase tudo se baseava na família, maternidade. Ainda precisei ouvir o discurso da adoção, e ser julgada por não cogitar esta possibilidade ainda. Também passamos por problemas financeiros bem puxados, que conseguimos vencer com muita luta e paciência pra caramba. O ano termina melhor que o previsto, mas ainda não melhor do que começou. Mas estamos aí.

O prenúncio de um ano novo chegando enche o coração de esperança, e já tracei alguns planos e metas para o próximo ano. Preciso de mudança, preciso renovar as forças e a esperança na humanidade e em mim mesma. Então senti a necessidade de começar uma mudança de fora para dentro. O exterior é só uma casca, mas parece que, quando renovado, ajuda a ver as coisas de um jeito diferente. Então cortei meu cabelo e... bom, vejam vocês mesmos:


Agora vou precisar ampliar minha rotina de cuidados para cabelos loiros. Já adotei um óleozinho para hidratar legal e não deixar o cabelo ressecado e duro. Bom, sei que gostei muito da mudança. Ganhei o tratamento todo em um salão aqui perto de casa, foi um presente bacana (não do salão) que me deixou muito feliz porque eu ia fazer isso de qualquer forma. Gostei muito do resultado, já fui loira, mas o processo foi bem mais lento e as luzes eram douradas. Dessa vez quis algo mais claro e abrupto, apesar de não querer ficar 100% loira, gosto dessa mistura de tons e da raiz natural ainda - dá bem menos trabalho. Maridão adorou a mudança também!

Então, de cara nova já começo as mudanças dentro de mim, que são as mais importantes. Vamos nos falando! Uma linda semana para vocês e aguardem o retorno da rotina de postagens!

Beijão!
Comentário(s)
Comentário(s)