16/09/2015

Sinceridade e publiposts - é possível esta coexistência

| |

Eu tenho este blog há MUITO tempo. Mais de 6 anos. E antes dele tive outros, totalizando mais de uma década de blog (putz, tô velha!). Durante todo esse tempo o blog oscilou entre períodos de maior produção de posts e de produção zero. Mas do ano passado para cá fui engatando uma sequência bacana, e estou intensificando cada vez mais. Eu AMO isso. Muito. Escrever, produzir bons posts, compartilhar coisas que aprendo, experiências que vivo, é algo que e faz muito feliz, que faço com amor. 

Com o passar do tempo o blog foi melhorando, estou aprendendo mais sobre fotografia (mas o caminho ainda é longo!), investindo em algumas coisas aqui, outras ali. Criei o canal no YouTube, e a audiência do blog aos poucos foi aumentando. Mas de uma coisa nunca abri, nem abrirei mão: da sinceridade. 

Infelizmente passamos por um período em que as empresas passaram a enxergar o blog e algumas decidiram se aproveitar disso de maneiras não muito bacanas. Claro, estas empresas só conseguem fazer o que fazer porque alguém aceita. Nesse tempo todo de blog, já recebi várias propostas de trabalhos e parcerias. Há todo tipo de proposta: desde empresas que enviam os posts prontos para você publicar como "sua opinião", a outras que enviam produtos e te deixam livre para falar ou não deles. Aí entra o problema: as pessoas não sabem muitas vezes separar oque é opinião de verdade do que é "opinião paga", e isso faz com que olhem com desconfiança para todo tipo de publipost, principalmente de blogs menores. Há aqui aquela ideia errônea de que porque um blog é pequeno, vende-se com facilidade. Não é bem assim.

Neste post quero apenas falar sobre como EU lido com isso - e sei que muitas meninas também agem assim. 

Quando uma empresa entra em contato comigo, primeiramente eu faço uma pesquisa a respeito dela. Jamais colocarei em risco a credibilidade do meu blog com uma parceria irresponsável. Pesquisa feita, dou prosseguimento ao contato e faço a análise da proposta. Porque há propostas que chegam a ser desrespeitosas. E há boas propostas. Entre as boas propostas eu ainda faço a seleção da que se enquadra no meu perfil e do blog. Não tem cabimento eu fazer propaganda de pneu se nem sei dirigir. Precisa fazer sentido.

Feito isso, vem o principal: eu produzo meus posts e não topo post pronto. E só aceito porpostas que permitam a exposição do que eu penso sinceramente sobre o assunto ou produto. Mas aqui cabe um adendo: eu não fico queimando filme de nada ou ninguém sem motivo. Se por exemplo, eu recebi uma caixa com produtos, falo no blog apenas sobre aqueles que eu gostei. Porque gosto é muito pessoal, e não há motivo para falar mal de algum produto que não se encaixou no meu gosto pessoal. A menos que o produto tenha algum problema grave de qualidade ou ponha a saúde das pessoas em risco. Aí há o alerta. Do contrário, apenas ignoro. No entanto, se há um produto bacana, mas que tem pontos negativos, os pontos negativos sempre são citados.

Eu não recebo centenas de propostas, é claro! Meu blog é pequeno. Mas antes de mais nada, prezo pela qualidade dele. Porque é meu nome que vem atrelado, minha reputação, minha honra. E isso marca alguma compra. 

Também é importante sempre sinalizar os posts como publieditoriais, isso é lei inclusive. Mas nem todos os publieditoriais são necessariamente pagos. Por exemplo: sou parceira da Dieta Dukan Brasil, e falo constantemente sobre isso no blog. No entanto, eles não me pagam para estes posts, eu já falava muito sobre isso antes mesmo da parceria, e continuarei falando. Então, não é todo post sobre a Dieta Dukan que é publi. E os não publis, obviamente não são sinalizados como publis.

O importante nisso tudo é sempre frisar que se eu falar a respeito de algum produto, é porque utilizei e gostei de verdade. E se alguém me perguntar sobre algo, eu vou dizer. Minhas opiniões não estão à venda. Quem sabe devido a isso o blog tem um crescimento mais comedido. Mas ele precisa ser como a minha honra: sólido. 

Então é possível sim existir a coexistência entre sinceridade e publiposts. Basta firmar parcerias dignas e falar sobre coisas nas quais acreditamos de verdade. Porque aí tudo acontece naturalmente. 

Beijão!

Me siga nas redes sociais e fique por dentro de tudo!
SNAPCHAT: @dennybap / PERISCOPE: @dennybaptista
Comentário(s)
Comentário(s)