15/12/2015

Solução de Lugol - Um dos melhores suplementos para a manutenção da saúde

| |
Lugol


Como já falei aqui algumas vezes, eu já gastei a minha cota de vida estragada por conta de maus hábitos em geral. Não consigo ser o tipo de pessoa que se resigna ao sofrimento, ou que decide que já que vai morrer mesmo, que se morra aproveitando ao máximo. Veja bem, se este é o seu modo de pensar, eu o respeito. Todos temos o direito de escolher aquilo que acharmos melhor para nós. E cada um escolhe o seu melhor. Mas então, nesta linha de pensamento eu, que já seguis alguns bons médicos nas redes sociais (médicos que tratam da saúde e não da doença), comecei a pesquisar várias das coisas que eles falavam mais profundamente. E é isso que precisamos fazer: não dizer simplesmente "amém" ao médico A ou B, é preciso ir a fontes seguras, ler algumas pesquisas em sites confiáveis (Google Acadêmico tá aí pra isso) e então tirar suas próprias conclusões. 


Nessa vibe, meu marido e eu decidimos focar em ir melhorando nossa saúde ao máximo. Nada é feito de maneira drástica e abrupta - o que vem de uma hora para outra corre o risco de sumir de uma hora para a outra. Começamos há um bom tempo já com algumas boas mudanças e há algum tempo implementamos mais algumas, que aos poucos contarei a vocês. Uma destas mudanças é o uso da solução de lugol.

A solução de lugol nada mais é que a combinação dos dois tipos de iodo (iodo e iodeto). O iodo é um micronutriente essencial ao organismo. Realiza funções importantíssimas. No entanto, estima-se que nos últimos 30 anos houve uma queda de 50% no consumo de iodo no mundo. Uma pesquisa mais aprofundada mostra que a função do iodo não é apenas aquela de realizar a síntese dos hormônios tireoidianos - que é o que uma pesquisa rápida nos diz. Praticamente todas as células do corpo necessitam do iodo para funcionar plenamente, e a tireoide armazena apenas 50 dos 1.500mg que nosso organismo costuma armazenar. Para se ter uma ideia, a carência de iodo pode trazer diversos problemas:
  • bócio (o mais conhecido);
  • formação de cistos, que evoluem para nódulos, que se transformam em fibroses que podem acabar tornando-se diversos tipos de câncer;
  • cretinismo (retardo mental grave e irreversível);
  • surdo-mudez;
  • anomalias congênitas;
  • morte fetal;
  • aumento do risco de aborto e mortalidade materna;
Em contrapartida, uma suplementação adequada de iodo traz inúmeros benefícios, só para citar alguns:
  • normalização das funções tireoidianas;
  • estudos demonstraram que sua suplementação durante a gestação ocasionou aumento de QI nos bebês;
  • tira a imortalidade das células cancerígenas, fazendo com que voltem a ter apoptose (morte celular programada);
  • melhora das funções celulares, melhorando a saúde no geral;
  • elimina metais pesados do organismo como mercúrio, cádmio, alumínio e chumbo.
A solução de lugol pode ser comprada facilmente em farmácias de manipulação, custa cerca de R$ 18,00, e a indicação geral de uso do farmacêutico, que bateu com as diversas informações encontradas na internet é de 3 a 5 gotas ao dia em meio copo de água. O sabor não é bom, mas não é forte ao menos. É como beber água levemente enferrujada, rs... É ideal que se consuma próximo a uma refeição para quem tem estômago sensível, e de preferência até o meio dia, pois pode interferir no sono dos mais sensíveis.

É importante frisar que você pode fazer este tipo de suplementação se sua saúde estiver ok. Caso contrário, é melhor conversar com seu médico a respeito para pesar prós e contras na balança. Em linhas gerais a solução traz apenas benefícios, mas cada pessoa é única e cada organismo pode reagir de forma diferente, então sempre é bom estar atento. 

Há bibliografia extensa sobre o assunto, mas selecionei alguns textos para quem quiser se aprofundar um pouco mais no assunto, basta clicar nos títulos para ser direcionado aos respectivos artigos:


Há também um grupo sobre o uso do lugol no Facebook que tem bastante material, basta acessar neste link. Espero que tenha sido de utilidade para alguém!

Beijão!
Comentário(s)
Comentário(s)