04/01/2016

30 dias bicho e planta - Versão Dukan

| |

Primeiro post do ano hein? Uhu! Então galerinha, por aqui as coisas estão calmas, tranquilas, em ritmo ragatanga de férias (hehe). Foram-se as festas de final de ano, os excessos alimentares e agora é hora de retomar a vida. 

Eu sei que virada de ano nada mais é que uma passagem de tempo. Mas acabamos vendo também - eu ao menos! - como uma oportunidade de recomeçar e fazer certo novamente. Parece que o fôlego se renova. Neste ano meu foco será minha saúde. Eu já fiz grandes mudanças na minha vida, e que já me trouxeram imensas melhoras. Mas como já falei aqui, acabei enfrentando um problema imenso (menopausa precoce)que tirou de mim coisas importantes demais para ser ignoradas. 

Nessa vibe, decidi encarar o desafio que a Lara Nesteruk, nutricionista funcional, propôs: o #30diasbichoeplanta. A Lara é bem ativa no Instagram (@laranesteruk) e no snapchat (laranesteruk) e é por estes canais que ela dá dicas ótimas para a saúde, desmistificando muitas coisas, e alinhada com o discurso de profissionais em que acredito.

A proposta é, durante estes 30 dias (iniciando hoje, 4 de janeiro e indo até 4 de fevereiro (ou 3?), consumir apenas COMIDA DE VERDADE. Isso significa aquilo que se compra na feira, na sessão de hortiftuti e no açougue. Comida de verdade não costuma vir em pacotinho e não tem aditivos químicos. Ou seja: durante estes dias a proposta é não consumir industrializados, nem laticínios e, consequentemente, nada que contenha glúten. É algo realmente bem simples. E dá uma desintoxicada legal no organismo, principalmente se você der preferência a alimentos orgânicos.

Não abandonei a Dieta Dukan não, apenas peguei da lista de permitidos do desafio os alimentos permitidos na Dukan e ficou tudo muito fácil. Esse tipo de alimentação não tem contraindicação alguma - a proposta original -, grávidas podem fazer, pessoas com os mais diversos tipos de doenças também, simplesmente porque privilegia o consumo de comida de verdade, e não existe nada, nenhuma condição, que impeça isso. Pelo contrário, isso favorece a melhora dos mais diversos tipos de doenças. Não há restrição de carboidratos, uma vez que as frutas e raízes permitidas dão todo o suporte necessário. No Instagram a Lara toca nestes assuntos, vale a pena seguir ou, caso você não tenha instagram, olhar pela web mesmo (http://www.instagram.com/laranesteruk). É muita informação preciosa, de verdade!

Bom, se você não faz a dieta Dukan e gostou da proposta, segue abaixo a imagem publicada no Instagram dela, com a lista de permitidos. É bem simples: está na lista, pode. Não está, não pode.

Para acesso às orientações desta postagem da Lara, clique no link AQUI.

Agora a lista do que EU comerei, baseado nos liberados da Dieta Dukan e no que eu gosto. Porque, por exemplo, eu não como frutos do mar, o desafio e a Dukan permite, mas não acrescentarei na minha lista. Bueno? Então vai aí a listinha do #30diasbichoeplantadukan da tia Dê, numa imagem que você pode salvar e guardar para consulta se desejar.

Simples, fácil, sem problemas. Vou aproveitar as férias para investir em preparos diferenciados destes pratos e compartilharei no Instagram (@denny.baptista) e na fanpage do Facebook (https://www.facebook.com/dennybaptista/). Ah, não pode nenhum deslize? Pode ué, rs... Como diz a própria Lara, "a gente pode TUDO". Mas manter-me fiel ao propósito neste momento é o mais importante pra mim. E se houver algum deslize, não se tornará uma bola de neve e nem um drama imenso. Seguir em frente, sempre, em busca do melhor pra mim.

Lembrando sempre, que comer comida de verdade não é radicalismo. É saúde!

Beeeijo!
Comentário(s)
Comentário(s)