30/09/2016

Planner Mensal FIT - Outubro 2016

| |
Imagem: Pixabay

Buenas turma! Há algum tempo eu venho "namorando" os tais dos planners. Tenho tido desejo de me organizar mais, e eles me parecem uma ótima forma de fazer isso. Encontrei diversos modelos bacanas pela internet. Mas eu AMO fazer minhas próprias coisas. E queria algo relacionado à dieta também. Estou ainda engatinhando neste mundo do design, que eu gosto pra caramba, mas me falta ainda tempo para aprender mais. No entanto, fiz alguns testes, baseado em vários que andei olhando pela internet, e gostei até do resultado. Então pensei: porque não compartilhar com a galera, né? O modelo que fiz foi este, bem simples:
Caso queira copiar a imagem, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e depois vá em "Abrir imagem em uma nova guia" para que ele fique no tamanho original e com uma qualidade melhor.
Vejam bem, é um planner mensal (do mês de outubro, claro), que tem espaço ali em cima para metas do mês, que são coisinhas às quais você quer se propôr. Metas de curto prazo. Também coloquei um apontamento diário para a questão da alimentação e atividade física. Quem segue algum plano alimentar pode assinalar o quadrinho quando teve uma alimentação ok neste dia. Caso tenha rolado algum furo, dá para escrever quais no espaço em branco. Também dá para assinalar o quadradinho quando fizer atividade física. 

Ao lado direito, coloridinho, deixei um espaço para a pesagem. No início do mês você pode anotar ali teu peso inicial e estipular uma meta para o final do mês. Você pode mensurar esta meta em kg a perder, ou o peso que você deseja estar no final do mês. E bem embaixo, aquele espaço para ser preenchido no final do mês, com o resultado obtido.

Inicialmente este planner está bem basicão. Estou SUPER ACEITANDO sugestões para o planner de novembro, seja de patterns para colorir o ladinho direito ali, seja de itens para constar no mês. Pensei em quem sabe fazer um modelo semanal, com mais espaço para anotações, e algum tipo de lista também (de compras, livros lidos). Quem sabe na sexta-feira ou sábado um quadradinho extra para anotar a pesagem da semana (acho que ninguém deveria se pesar todo dia, rs). 

Bom, estou aceitando sugestões então! Perdoem publicar assim, logo no finalzinho do mês de setembro (ideia recente! rs), mas para novembro pretendo lançar com pelo menos uma semana de antecedência. A ideia é ir aprimorando com as dicas de vocês.

Você pode usar a imagem acima para baixar, ou pode imprimir as versões em PDF e DOC, prontas para imprimir. Recomendo a versão em PDF, pois caso você não tenha as mesmas fontes instaladas em seu computador, na versão do Word pode dar alguma incompatibilidade e desconfigurar. Aconselho usar um papel de boa gramatura (mais grossinho) para facilitar a anotação. Abaixo os links para download.

Para baixar a versão em PDF clique AQUI.
Para baixar a versão DOC (Word) clique AQUI.

Beij]ao, espero que tenham gostado! Eu amei fazer!

28/09/2016

Vamos falar sobre o Kefir

| |

Quando eu era pequena minha mãe cultivava kefir. Naquela época o chamávamos de "bichinho do leite". Afinal de contas o que é o kefir, e quais as vantagens dele? Vamos descobrir já!

Primeiramente é preciso entender que nosso corpo possui bactérias, e estas bactérias auxiliam na manutenção da saúde. Nem toda bactéria é ruim, ok amiguinhos? Inclusive algumas são essenciais à saúde. O kefir é uma colônia de microorganismos (do bem!) benéfica ao ser humano, que se alimentam de lactose ou sacarose e quando em contato com o leite ou água e açúcar, fermentam, formando bebidas diferentes de acordo com seu meio de conservação, repletas de probióticos, ou seja: bactérias importantíssimas para a saúde. Essa colônia se parece com pequenos grãos gelatinosos, que são os agrupamentos destes microorganismos. Uma foto dos meus (com um resto de iogurte envolvendo eles), em close:


Existem dois tipos básicos de kefir: o de leite e o de água. Eu tenho o de leite. O resultado final dele, chamado de leite kefirado, nada mais é que um iogurte. Porém , meu povo, este iogurte ganha disparado em qualidade dos iogurtes dos supermercados, pois estes possuem uma colônia de bactérias e lactobacilos bastante limitada, enquanto o kefir cultivado em casa possui muito mais. As bactérias dos grãos de kefir de leite se alimentam da lactose (galactose + glicose) para fermentar e se tornar este iogurte. O kefir de água (conhecido como tibico) fermenta em uma mistura de água e açúcar mascavo ou suco de frutas (por conta da frutose + glicose) se tornando em uma bebida levemente gaseificada, mas não doce - o açúcar é totalmente consumido pelas bactérias. Sabe-se que o kefir de leite possui mais bactérias que o de água, mas o consumo depende de a qual deles você melhor se adapta / gosta.

Ainda não foi "desvendado" pela ciência tudo o que há no kefir. Mas já se sabem algumas das coisas que se encontram por lá:  8 leveduras, 2 bactérias acéticas, cerca de 16 lactobacilos, cerca de 9 streptococci/lactococci, ácido fólico, ácido pantotênico, biotina(vitamina B), cálcio, carboidratos, fósforo, gordura, lactase, magnésio, niacina (vitamina B3), potássio, proteínas, pyridoxina (vitamina B6), triptofano, vários outros aminoácidos benéficos, vitamina B12, vitamina K. Basicamente isso. 

Os benefícios à saúde são muitos. Vejam bem, uma colônia de bactérias saudável em nosso intestino é ESSENCIAL à saúde. Toda nossa alimentação passa pelo intestino, e a absorção dos nutrientes, bem como eliminação das toxinas, depende de uma flora intestinal saudável. Acontece que o consumo de açúcares, adoçantes artificiais, alimentos repletos de glúten e industrializados vai "matando" estas bactérias naturais do nosso organismo. O resultado disso é simplesmente ficarmos doentes das mais diversas formas, pois a imunidade diminui, o organismo fica mal nutrido. O que os probióticos como o kefir fazem é "re-povoar" o intestino com bactérias de excelente qualidade, para que ele possa absorver adequadamente os nutrientes, eliminar aquilo que não é bom para nosso corpo, e a consequência disso é uma melhora muito grande da saúde e, obviamente, de muitas doenças. Obviamente que isso precisa vir acompanhado de hábitos saudáveis, pois de nada adianta repovoar a flora intestinal e continuar ingerindo alimentos que a destroem em grandes quantidades. Mas, seguindo então, quais são os maiores benefícios à saúde do consumo cotidiano do kefir

  • Nutrição adequada do organismo, que passa a absorver melhor os nutrientes oriundos da alimentação, sendo ele próprio uma fonte variada e muito boa de diversos  nutrientes.
  • Ele possui bactérias do bem que eliminam as bactérias do "mal", ou seja: é um poderoso antibacteriano. 
  • Protege contra o câncer. Veja bem, o câncer nada mais é que um crescimento anormal de células doentes em nosso organismo. Probioticos lactofermentados são considerados inibidores naturais do crescimento de tumores. 
  • Melhora o quadro de problemas digestivos e intestinais, por fazer os órgãos funcionarem melhor. 
  • Costuma ser bem tolerado mesmo pelos intolerantes à lactose, uma vez que os bichinhos se alimentam justamente dela. Há relatos em grupos do Facebook sobre o tema de intolerantes à lactose que não sentem desconforto algum quando consomem leite kefirado que fermenta por 48h. Alguns necessitam deixar a fermentação acontecendo por mais tempo. Cada um precisa encontrar seu tempo. 
  • Pelo aumento da imunidade costuma melhorar crises alérgicas e respiratórias. 
Há muitos outros benefícios relatados, e estudos sendo feitos. O fato é que é um alimento extremamente saudável e muito fácil de obter. A partir dele é possível fazer muitas receitas, que compartilharei aqui com vocês. Algumas que já testei:

- Iogurte "normal".
- Iogurte grego.
- "Cream cheese" de kefir.
- Bolinhas conservadas no azeite.
- Queijo de corte.
- "Yakult".

As possibilidades são infinitas. Num próximo post falarei sobre como conseguir o kefir - tenho uma dica fantástica! -  e cuidar dele. Não tem mistério, apenas não quero deixar este post gigante!

Deixo com vocês alguns vídeos da nutricionista Djulye Marquato, entusiasta do kefir, que respondem a algumas dúvidas sobre ele. Há mais vídeos no canal dela, sugiro que assistam!

Beijocão!




27/09/2016

Como criei este layout

| |
Photo credit: Theo Crazzolara Himbeere und Kirsche auf Tastatur via photopin (license)
Então, passei as últimas duas (três?) semanas mudando o layout do blog. Sempre que entro em alguma crise existencial (hahaha) ela se espelha no blog e eu acabo mudando o layout. Isso é bom para acordar meus conhecimentos de CSS e afins, hahaha... Bom, segue abaixo as mudanças que fiz. Aceito sugestões!


Plataforma do blog:
Blogger.

Tema base: 
Espetacular (cinza, o primeiro à esquerda da lista), Blogger.

Imagens:
Cabeçalho do blog: usei o Photoshop e o Corel Draw.
Perfil: Imagem tratada no app Vinci (download Android AQUI) e restante no Canva Online (AQUI).

Configurações de largura, cor de fundo e do texto:
Personalização feita pelo próprio Blogger.

Fontes:
Título das postagens e gadgets: Raleway (disponível no Google Fonts, AQUI).
Texto das postagens e gadgets: Roboto Condensed (disponível no Google Fonts, AQUI).
Texto do Blockquote: Yellowtail (disponível no Google Fonts, AQUI).

Sistema de comentários:

Disqus e Facebook. O que me incomoda nos comentários nativos do Blogger é a impossibilidade de notificação de resposta. Muitas pessoas me fazem diversas perguntas via comentário. Eu posso responder o quanto eu quiser que, se for pelos comentários do Blogger, a única forma da pessoa saber se respondi ou não é voltando ao post e olhando novamente os comentários. Pelo Facebook, quando respondo, a pessoa recebe uma notificação da resposta. pelo Disqus, o mesmo acontece, mas anotificação vem por e-mail. Bem melhor, né?

Tutoriais utilizados:
A maioria das alterações eu já faço automaticamente, mas deixarei linkados aqui os posts que sei que funcionam neste tema e que já utilizei. Podem não funcionar com todos os tema base. Mas podem ajudar alguém que quer aprender a personalizar seu próprio layout.

Utilização de fontes diferentes no blog, via Google FontsBlog Papo Garota.
Links (comentários, marcadores e autor) abaixo do título do post: Blog Renata Massa (precisei fazer algumas alterações para funcionar certinho).
Menu fixo no topo com ícones de redes sociais: Blog Renata Massa  (precisei fazer algumas alterações para funcionar certinho).
Personalizando menu no topo com imagem e caixa de pesquisaBlog Renata Massa (utilizei somente a parte referente à caixa de pesquisa, acrescentando ao código do tutorial anterior; modifiquei as imagens da barra de pesquisa - cor - e da lupa - utilizei outra; fiz alterações também para ajustar largura e afins).
Box de comentários do Facebook e Disqus no Blogger: Blog Más que se yó?
Postagens relacionadas: Blog Follow your Dreams (personalizei, mas o código funciona perfeitamente).
Widget de Instagram no blog (novo): Blog Follow your Dreams.
Personalizar o blockquote do blog: Site Fique Sabendo!
Newsletter personalizada: Blog Follow your Dreams.
Widget YouTube com vídeo e botão de se inscrever: Blog Follow your Dreams.
- Arquivo do Blogger em forma de calendário: Blog Follow your Dreams.
Personalizar indicador de marcador: Blog Follow your Dreams.
Botão de compartilhar: Blog Renata Massa (alterei as imagens e a composição do texto).
- Cabeçalho da largura total do blog: Blog Go Imagine.
- Adicionar formulário do Blogger a página estática: Site Mundo Blogger.
- Paginação numerada no blog: Blog Elaine Gaspareto.
- Likebox Facebook: Blog Deixei Florir.

Conforme eu for mexendo mais, atualizarei este post, ok? Mas por hora estou satisfeita. Se vocês tiverem ideia de algo bacana, ou acharem que falta algo, podem dar a dica.

Beijão!