13/03/2009

Resultados do amor!

| |

Meus queridos, prometo que, depois dessa, eu fico quietinha sobre esse meu projeto, tá? Sei que me empolgo, pois esta turma tem sido um presente pra mim, por mais difícil que eu pensasse que seria. O blog é sobre emagrecimento e está mais parecendo blog de professora, rs... Mas tenham paciência, é uma fase, rs...

Hoje acabei pegando da outra turma do "Acelera" mais 2 alunos, que vinham dando problema. Eu aceito mesmo, sei que dou conta deles, porque amo demais e é isso.

Nessa foto vocês podem ver a Iole (com i de igreja, rs) dando sua "palestra" para os colegas, explicando sua alimentação, medicação e controle do diabetes. Destaque para a Marcelina, minha anãzinha linda, e para o menino lá no fundo fazendo anotações, o Jair, portador de Vitiligo. Ela levou vários produtos DIET, preparou um suco DIET e levou para os colegas experimentarem. Levou seu KIT de controle da glicose (fitas receptoras de sangue, aparelho para furar o dedo e coletar o sangue e aparelho que mede a taxa de glicose no sangue) e mostrou aos colegas como ela faz essa medição. Gente, imaginem que, numa pessoa normal, a taxa de glicose no sangue fica enre 70 e 110 mg/dl. Ela mediu e a taxa dela estava em 414!!!! Seria necessária a aplicação de insulina. Ela pediu permissão aos colegas para aplicar a insulina (e fazer a demonstração) e pediu que, caso alguém não quisesse ver, avisasse que ela sairia da sala para aplicar. Todos quiseram, ficaram curiososo. Ela fez a aplicação. Foi bom, pois eles viram que não é um bicho de sete cabeças, não dói e é muito importante. E o melhor: se solidarizaram com a colega e percebi que ficaram muito mais unidos. Que lindo!

Abaixo alguns trechos de redações que eles fizeram sobre as aprendizagens nessas aulas. Lembrem-se: são crianças consideradas "problemas", defasadas (idade avançada para a série que frequentam). Mas eu acho que falta é um pouco de amor, porque eles estão a mil! Vamos lá!

"O diabetes é uma doença que acontece pela falta de insulina no corpo...(...) Gostei da aulas que mostraram que não é feio ter diabetes, feio é não cuidar dela.(...) É só a gente ter fé em Deus que tudo vai dar certo..." Andriele, 13 anos.

"Eu gostei dos vídeos (...), do pudim.(...) Gostei de ver a Iole se cuidando." João Paulo, 11 anos.

"Eu gostei da quarta-feira quando vimos vídeos de pessoas com diabetes que estão bem." César, 12 anos.

"Gostei dos vídeos e de poder ver nossa colega feliz. (...) Não gostei quando os vídeos acabaram!" Geovane, 12 anos.

"Aprendi que para não ter diabetes temos que controlar a alimentação. (...) Não devemos exagerar nos carboidratos, gorduras e açúcares e fazer exercícios. (...) Gostei dos vídeos e de ver a Iole falando." Tiago, 12 anos.

"Eu gostei dos vídeos. (...) Gostei do pudim. (...) Não gostei de ver que a Iole tem que estar sempre tomando injeção." Marcos, 12 anos.

"O diabetes é muito ruim. (...) Mas eu vi que dá pra viver com ele." Mauricio, 9 anos.

"Nós temos uma colega que tem diabetes. (...) Nós aprendemos o que é diabetes. (...) Nós temos que cuidar da nossa colega, porque ela pode ficar doente. (...) Temos que cuidar dela, porque ela é nossa amiga." Marcelina, 12 anos.

"Eu gostei de ver minha colega mostrando os remédios dela. (...) Eu queria que ninguém tivesse diabetes." Jair, 13 anos.

"Eu aprendi mais coisas sobre o diabetes. (...) Eu andei pensando muitas coisas ruins, sabe, porque eu pensei que nunca mais ia poder comer doces e fiquei muito triste por isso. (...) Mas eu pensei muito... (...) Minha mãe descobriu um tratamento e me contou. (...) Comecei a ir nas reuniões, tinham adultos e crianças e a gente brincava de sorteio. (...) Numa vez eu ganhei uma cesta de bombons DIET e fiquei bem feliz! (...) E fui começando o tratamento dessa doença e agora eu sou muito feliz com minha família porque eu aceitei o diabetes." Iole, 12 anos.

Tem como não amar?

Amanhã Sto Ângelo e despedida do noivo. *pramorrerdenovo*.

Beijos povo que eu amo!


FUIZ...
Comentário(s)
Comentário(s)