07/11/2016

Lowcarb / paleo: Um guia prático do que comer para emagrecer

| |
Designed by Freepik
Quando adentramos em um novo estilo de vida, os primeiros passos costumam ser bem inseguros. Precisamos aprender mais, saber mais, entender mais. Quando alguém conhece o estilo de vida paleo começa a buscar informações e encontra tanta coisa que a confusão é normal. O Dr. Souto fez um post que achei esplêndido, o "Um guia visual para a lowcarb", e foi nele que me inspirei para compôr este post.

Se você quer saber mais sobre lowcarb / paleo, leia este post AQUI.

Este será um post essencialmente visual. Separei fotos das minhas refeições para usar como exemplo. Tendo uma ideia básica do que comer, facilita até na hora do self-service, pq aí você já sabe para que área do buffet deverá ir! É importante lembrar que consumo menos carboidratos, pelo fato de que PARA MIM a lowcarb, nesta ótica mais natural da paleo, funciona melhor no que diz respeito a emagrecimento. Há quem consuma menos (cetogênica), há quem consuma mais e tudo certo. Toda esta questão é bem individual. Mas consumir apenas carboidratos oriundos de legumes e verduras costuma funcionar bem para a maioria das pessoas no que diz respeito a emagrecimento e saúde. 

Alguns pontos: vocês não verão praticamente nenhum lanche, pois não tenho fome para lanches. Não verão pãezinhos e afins, pq geralmente prefiro uma boa refeição de verdade. Até já fiz alguns pãezinhos, mas honestamente já não sinto mais necessidade, portanto não faço. Tenho diminuído muito o consumo de queijos, creme de leite e industrializados em geral, pois sinto que minha saúde sem eles é outra. Dito isso, vamos lá?

Abóbora cabotiá e alho assados; carne picadinha com tomate, cebola e temperos; farofa feita com cebola, espinafre e farinha de coco, além de temperos.



Almoço na casa da sogra, com o que me era permitido: um pedaço de costela bovino, alho e cenoura assados, rúcula, couve flor, brócolis, pepino e tomate. Simples!



Outro almoço na casa da sogra: abóbora cabotiá assada, um pedaço de carne de panela, rúcula, chuchu, tomate e cenoura cozidos.



Alface, cenoura assada, ovos cozidos e pepino em conserva probiótica que eu mesma fiz!



Couve refogada, couve flor, vinagrete feito com pimentoes (amarelo e vermelho), cebolas, vinagre e temperos, brócolis, cogumelos shitaki feitos na manteiga e um pedaço de queijo que tostei na frigideira.



Salada deliciosa que fiz com couve folha picada, cogumelos champignon em conserva (sem açúcar e com o mínimo de ingredientes que encontrei), nuts (castanha de caju, do pará, amêndoas e alguns amendoins), uva passa (um tiquinho), azeitonas, tomates cereja e queijo de kefir.



Alface, ovos cozidos, couve refogada, vinagrete (mesma receita anterior), purê de abóbora cabotiá e queijinho tostado na frigideira.



Vagem refogada na manteiga, abóbora de pescoço assada, ovos cozidos, um pouco de salame bovino artesanal e rodelas de laranjas com canela (laranjas não são a melhor opção, mas viáveis de vez em quando).



Cenoura assada, "arroz" de couve flor com açafrão, ovos cozidos e aspargos salteados na manteiga.



Pimentão recheado com carne moída bem temperada, cenoura ralada, rúcula, castanha do pará e de caju.



Salada feita com espinafre, ovos cozidos, bolinhas de queijo de kefir que fiz, pedacinhos de nuts, e morangos. Tudo regado com azeite de oliva extra virgem. 



Abóbora cabotiá assada, alface, ovos codizos, brócolis e tomates recheados com maionese de abacate caseira.



Um desjejum raro! Bati kefir, que dessorei por 24 horas com amoras que colhi na vizinhança!



Rúcula, agrião, carne assada, cebolinhas assadas, e um refogado feito com taços de agrião, tomate, cebola e temperos.



"Macarrão" de abobrinha e cenoura que corto com o descascador de alimentos de lojinha de R$1,99 e fica MARA! Para acompanhar, carne moída bem temperadinha!


"Charutos" recheados com carne moída, "maionese" de abacate e abobrinhas assadas e bem temperadas.



Salsichão de frango artesanal assado, rúcula, palmito e refogadinho de berinjela e cebola.



Peito de frango feito na manteiga e espinafre.



Olha a abóbora cabotiá ali de novo! Amo gente! Brócolis cozido no vapor e ovo frito na manteiga!



Cenoura, tomate e batata-doce assados, carne de panela feira com cenoura e brócolis!



Cenourinhas baby assadas, rúcula, tomate cereja, almôndegas caseiras e queijo cremoso de kefir.



Salada deliciosa feita com rúcula, espinafre, palmito, azeitonas, queijinho de kefir que fiz e goiaba.


Eu mesma faço minhas refeições, às vezes meu marido é quem faz. Nossa base, como vocês podem ver, é bem simples, sem excesso de gordura e com carboidratos oriundos principalmente de fontes como legumes e verduras, eventualmente alguma fruta e nuts. Também não pegamos pesado na gordura, apenas não a omitimos e temos o cuidado de ter sempre uma boa fonte dela na refeição. 

Não costumo fazer cardápios (até deveria, facilitaria muito a minha vida!), mas acabo preferindo por hora ir ao supermercado umas duas vezes na semana e comprar menos coisas por vez, para que não haja desperdício. Procuro variar bastante a alimentação, e preparar os alimentos de forma saborosa, porque alimentação precisa ser prazer também!

Deixo as verduras sempre lavadas, chacoalho bem e guardo em potes forrados com papel toalha na geladeira, duram muito mais tempo assim, e facilitam na hora da correria do meio dia: é só pegar e montar a salada. Em dias corridos (meu intervalo de almoço é de cerca de 1 hora apenas), dou preferência para alimentos refogados ou crus, pois levam menos tempo para ser feitos. Os assados deixo para dias em que tenho mais tempo.

Bom, caso alguém tenha dúvida sobre o preparo de algo que postei aqui, não hesite em perguntar. Os comentários vinculados do Facebook ajudam bastante neste sentido (infelizmente o Facebook não notifica adequadamente, então perdoem uma eventual demora na resposta). O outro sistema de comentários facilita a resposta, que vai via e-mail!

Espero que tenham curtido!

Beijão!
Comentário(s)
Comentário(s)