14/07/2015

Os 8 remédios naturais - Luz solar

| |


Já falei sobre 6 remédios naturais: água, ar puro, confiança, descanso,  equilíbrioexercícios, e hoje falarei sobre o sétimo remédio natural: a luz solar. Esta que tem sido vista como vilã há muitos e muitos anos, mas cujos benefícios comprovados ainda a apontam como necessária à saúde. Vamos lá?

Há vários anos a medicina vem pondo a luz solar como uma vilã da saúde. Recomendações de quilos e quilos de protetores e bloqueadores solares fizeram com que muitas pessoas se afastassem mais e mais da exposição solar. Os resultado? Estamos passando por um imenso problema de deficiência de vitamina D entre a população, que agora está precisando fazer reposição vitamínica. Tudo isso porque cerca de 80% a 90%  da vitamina D produzida pelo corpo depende da presença dos raios UVB, que vêm da luz solar. A pergunta que fica é: qual o limite da exposição solar? Já falarei sobre isso, mas antes deixem-me citar alguns benefícios da luz solar:
  • A produção de vitamina D em nosso corpo depende da presença dos raios UVB - que são fornecidos somente pelo sol. 
  • A luz solar ajuda a evitar quadros depressivos - frequentes em lugares com grandes períodos de escuridão.
  • Auxilia na prevenção de quadros de dor, estresse e ansiedade.
Sendo uma auxiliar na produção de vitamina D3 (a precursora de vitamina D), a luz solar traz junto os benefícios desta vitamina. Para que o corpo receba vitamina D suficiente são necessários cerca de 20 a 30 minutos de exposição solar por semana. Mas um lembrete: apenas a mão e o rosto não são suficientes para que a pele absorva o necessário, ok? E esta exposição precisa ser direta: janelas de vidro e pára brisas bloqueiam os raios UVB, os necessários à produção de vitamina D. 

Portanto, é claro que é necessário evitar excesso de exposição ao sol. Mas também precisamos saber que é necessário que haja alguma exposição, por questão de saúde mesmo. Ou seja: nem tanto ao mar, nem tanto à terra, ok?

Beijão!


Se você curte o blog, pode me acompanhar nas redes sociais:
SNAPCHAT: @dennybap / PERISCOPE: @dennybaptista
Comentário(s)
Comentário(s)