02/11/2016

Como ganhar uma grana extra respondendo pesquisas

| |
Designed by Freepik

Bom, que estamos vivendo uma crise financeira que assola o país inteiro, disso não há dúvidas. Taxas de desemprego lá em cima, e até o funcionalismo público, que era o que dava mais ou menos estabilidade a algumas pessoas, parece estar em risco, com salários parcelados e tudo o mais. Minha principal fonte de renda é meu trabalho como funcionária pública do Estado do rio Grande do Sul. Sou Coordenadora Pedagógica em uma escola estadual. Por aqui os salários vêm sendo parcelados há cerca de 9 meses mais ou menos. E sei que a situação não é exclusividade nossa. 

O que acontece com tudo isso, é que a grana encurta violentamente. Fica difícil manter o mesmo nível de sobrevivência diante de toda esta situação. Dentro deste contexto, um dinheirinho "fácil", é mais que bem vindo, certo? Pois bem, é disso que quero falar hoje.


Um negócio bacana

Vejam bem, o que venho compartilhar com vocês não é falcatrua, nem essas estratégias de pirâmide (que agora recebei o nome chique de "marketing multinível" - jamais deixando de ser exatamente a mesma coisa), muito menos o tal "ganhe R$2.000 por mês sem sair de casa". É mais uma maneira legal (em termos de lei mesmo), que não ocupa muito do nosso tempo, mas que pode render um dinheirinho (pequenininho sim) de vez em quando. Não é uma grana que vai te ajudar a pagar as contas da casa, mas é uma maneira de adquirir coisas que quem sabe o atual estado das coisas não permita da maneira que você queria. Trata-se de responder pesquisas. Simples assim.

Eu não vim aqui trazer nada de muito novo. É apenas algo que eu costumo fazer já há alguns anos, por isso sei que funciona de verdade. Uso o dinheiro que ganho com estas pesquisas para comprar livros. Vamos ver como funciona.


Como funciona o sistema 

Toda empresa que quer conhecer o público, costuma encomendar pesquisas a outras empresas que trabalham no ramo. O que é mais prático hoje em dia: sair perguntando coisas para pessoas na rua, que geralmente estão atarefadas demais para responder, ou enviar pesquisas a pessoas já cadastradas em sites do tipo, e em troca destas respostas, pagar um valor pequeno? Com o crescimento da internet, estas empresas acabaram optando pela maneira mais prática, simples e sem erros: as pesquisas online.

Nestes sites (já falarei sobre alguns especificamente) você se cadastra, responde a algumas perguntas para construir seu perfil e aguarda. Feito e aprovado o cadastro, de tempos em tempos eles te enviam um e-mail com o link para algum tipo de pesquisa, para que você responda. Há pesquisas de todo o tipo: sobre automóveis, sobre novos produtos, comida, viagens, enfim, a variedade é bem grande. Para cada pesquisa respondida você ganha uma pontuação - e aqui cada site define estas pontuações como achar melhor. 

Logo que você clica no link enviado pela pesquisa, você irá responder a questões básicas de confirmação (sexo, idade, faixa socioeconômica) que servem para filtrar se realmente você é o tipo de candidato que eles desejam para aquela pesquisa online específica. Então, se você for compatível com o que eles desejam, parte-se para a pesquisa em si. Geralmente as pesquisas são bacanas e bem elaboradas, algumas até bem divertidas de se responder. Normalmente a pontuação é maior quanto mais tempo a pesquisa exigir para ser respondida. Respondendo a várias pesquisas, você recebe pontos que, acumulados, depois de juntar uma certa quantidade, você pode trocar por produtos, ou vouchers em lojas online. Eu prefiro os vouchers, que geralmente troco por livros ou descontos em compras que faço em sites como Submarino, Livraria Cultura e outros. 


O tempo dispendido

Cada site, como eu já disse, determina um valor em pontos para cada pesquisa respondida. No e-mail que você recebe eles dão uma estimativa de quanto tempo você levará para responder a tal pesquisa - eu sempre demoro mais, rs. As pesquisas levam de 10 minutos até 30, e não costumam demorar mais do que isso. Eu acho as pontuações justas. Não são pontuações altas por pesquisas respondidas (entre 50 e 300 pontos, algumas vezes mais), mas o trabalho em respondê-las também não é alto, pois elas querem realmente saber da sua opinião sobre um produto ou serviço. Há semanas em que se recebem pesquisas diárias, há outras em que as pesquisas caem menos na caixa de entrada. 


Vale a pena?

Bom, esta questão é muito pessoal. Quanto mais tempo você dedicar a responder estas pesquisas, mais rápido vai juntar pontos. Em meses corridos, eu acabo não conseguindo responder todas as pesquisas e demoro mais a juntar pontos. Acho importante gostar de responder pesquisas, pois algumas são mais extensas, e se você não gostar, vai acabar sendo maçante e vai fazer com que você não considere que valha a pena.

Gente, eu sou a LOUCA das pesquisas! Era o tipo de adolescente que fazia aqueles cadernos enoooooormes com questionários infinitos (e bem idiotas, rs) e passava para metade da escola responder. Mas eu gostava mais é de responder as perguntas dos cadernos dos outros! Hahahahaha! Então para mim é um dinheiro muito fácil e que não me custa nadica de nada em termos de desconforto.


Sites confiáveis

Bom, esta é uma questão importante. Estes sites não pedem nenhuma informação confidencial sua, nem número de conta para depósito nem nada - os pontos sempre são trocados ou por produtos, ou por vouchers, nunca por dinheiro depositado na conta (por isso eu disse que essa grana não vai te ajudar a pagar as contas da casa). No entanto eu acho importante saber quais sites são bons e realmente efetuam esta troca dos pontos por produtos de verdade. Eu já participei de diversos sites destes e ou os pontos demoravam demais a acumular (já levei mais de um ano em um e nunca juntava a quantidade mínima necessária), ou acumulavam e eu não recebia os produtos trocados. Já cheguei a participar de uma pesquisa de 3 meses que prometia um valor bem bacana, eu precisava acessar um aplicativo diariamente para opinar sobre bebidas não alcoolicas e no final das contas nem eu nem ninguém recebeu o tal dinheiro prometido. Então vou indicar dois sites dos quais participo e nos quais já fiz a troca por produtos ou voucher.

Mundo de Opiniões - para começar a responder pesquisas basta se cadastrar do lado direito da tela onde diz: "Torne-se um membro hoje". É bem simples, rápido e logo você começa a receber pesquisas no e-mail. Cada 1.000 pontos acumulados equivalem a R$10,00 e você pode resgatar a partir de 2.000 pontos. Oferece vouchers bacanas em sites como Submarino, Livraria Cultura e Americanas, além de outros. Não são muitas opções de resgate, mas é a que mais tem parcerias. Clique aqui para se cadastrar.

Opiniões de Valor - para se cadastrar também segue o mesmo sistema: na página inicial há um local específico onde você se inscreve e preenche seu perfil para receber as pesquisas no e-mails. Tem menos parcerias, e computa os valores acumulados com as pesquisas em R$. Tem menos parcerias que o anterior, Livraria Cultura, Ruxty e Ingresso.com. Clique aqui para se cadastrar.

Eu estou testando mais uns dois sites, se forem promissores compártilharei com vocês num novo post! Para mim vale a pena participar destas pesquisas. Amo livros e nem sempre o $$ no final do mês é suficiente para comprar. Este tipo de coisa acaba então ajudando bastante, e faço no meu tempo livre.

Espero que tenham gostado da dica!

Beijão!
Comentário(s)
Comentário(s)