17/08/2011

Exames e reclames.

| |

Então, na segunda-feira fui pegar meus exames. A médica pediu hemograma completo, colesterol (total, LDL e HDL), triglicérides, glicose, e os da tireóide. Os resultados não foram bons. Foram ÓTIMOS. Todos meus níveis de encaixaram em ÓTIMO, nem em bom. Bacana, isso quer dizer que, mesmo fazendo um monte de porcaria na minha alimentação, não fiz TUDO errado. O negócio pra ansiedade que ela me deu, acho que está funcionando sei lá, ainda estou vendo. Eu queria mesmo era um treco pra agarrar NOJO de comida, mas aí acho que só apelando pra boleta mesmo né, e nem vale a pena. 

Ontem e hoje não fiz bicicleta, estou "naqueles" dias, aí a coisa fica mega desconfortável, mas nos outros dias fiz tudo direitinho. Incluí farinha de linhaça dourada e amaranto na minha dieta e estou namorando a tal farinha de berinjela, sobre a qual andei lendo algo em revistas. Achei um lugar que vende a granel e a um preço justo, sem exploração. 

Vamos indo. Tomando umas bofetadas de vez em quando, lembrando da vitória seguida do fracasso e vendo o fracasso batendo na porta a todo instante. Recebo e-mails de pessoas me parabenizando pela minha perda de peso, publicada em diversos blogs/sites (gente fofa demais), convites para entrevista em revistas conhecidas, sites grandes e tudo o mais. E a dor de dizer que aquilo lá já era? Que o sonho acabou? E que não tô falando do sonho da padaria? TAPA NA CARA DA SOCIEDADE.

Minha casa (apertamento, na verdade) é que anda me irritando ultimamente. Gosto daqui. Seguro, silencioso, tranquilo, bem localizado. Mas como os cômodos são pequenos, o aperto dificulta MUITO a   limpeza e isso está dando no saco esses dias. Para limpar preciso arrastar muita coisa, e ir em cada cantinho que é um malabarismo só! Sem contar o mofo do banheiro, que não tem janela direto para fora (a janelinha dá na pseudo-área de serviço), que é só o tempo de limpar, já dá as caras novamente. Janelas abertas e tudo vira pó! Num prédio gente! Eu tinha a idéia (equivocada pelo visto) de que em apartamento havia muito menos pó que em casas. ENGANEI-ME. O banheiro é todo branquinho, e a cozinha também. QUE DÓ. Limpar os rejuntes tem sido serviço escravo e não sei se o McGyver daria conta. A cozinha dá com a porta para a porta de entrada, então suja demais! DE-MAIS. Se eu passar pano todos os dias ainda não fica boa o suficiente. 

Hoje fui no banheiro no trabalho e a Maria, da limpeza, havia acabado de passar pano. Deu vontade de sentar no chão, chorar e arrancar aquele piso branquinho e brilhoso pra mim. Ou eu sou muito incompetente, ou nunca vou dar conta desse mofo e pó do piso. No resto é parquê e o piso fica legal, apesar de que o verniz já eras faz tempo e não há cera que dê o brilho da casa da mamis pra esse chão, mas ao menos não fica parecendo sujo. Sem contar que as panelas acabam ficando pela pia, porque não há espaço para mais armários, e nos armários já não há espaço, pois ganhei muita coisa no casamento. Encaixotar o que não uso, nem pensar, não teria onde pôr as caixas.

Que dilema! Ok, logo já estarei conformada novamente, mas um resmunguinho aqui já me alivia bastantinho, já que é o que temos para hoje, pois ainda levo um tempo para ir para um lugar maior ou (porque não) meu.


Bjs.

P.S. pessoal, não tenho divulgado meu peso, porque tenho registro de algumas pessoas mal intencionadas visitando constantemente meu blog e isso pode ser usado como motivo de chacota por parte delas. Assim que me sentir à vontade com meu peso divulgo, prometo.
Comentário(s)
Comentário(s)