22/06/2012

Gripe A, histeria e o mal do século

| |
Imagem DAQUI
Aqui no Rio Grande do Sul começou novamente toda a função em torno da Gripe A, ou H1N1, como preferirem. Aqui na minha cidade já tivemos 3 mortes confirmadas (porque a gente sabe que os números são maiores, mas os divulgados são esses) e algumas suspeitas internadas no hospital da cidade. Então, posso dizer que demos abertura oficialmente à temporada da histeria. Porque sim, a coisa é séria. Mas o povo leva ao extremo. As vacinas na Secretaria Municipal de Saúde terminaram, o que rendeu muitos protestos e quase pancadaria em frente ao órgão. E agora são filas enormes nos laboratórios/clínicas autorizados para a vacinação paga. 

Eu entendo a preocupação. Entendo MESMO. Afinal de contas, faço parte do grupo de risco, já que tenho asma, e ando com a imunidade baixa. Mas não adianta entrar em pânico ou surtar diante disso.

E aí entramos na questão do mal do século: stress. Devemos lembrar que o stress é grande causador da queda da imunidade. Então, quanto mais apavoradas as pessoas ficarem, maior o stress, mais baixa a imunidade, e maiores as chances de, no caso de pegar a gripe H1N1, ir pro saco mesmo.

O negócio é seguir as recomendações médicas:
  • Evitar aglomerações em locais fechados.
  • Higienizar bem aos mãos com frequência, utilizando água e sabão, ou álcool em gel.
  • Manter-se bem agasalhado e bem alimentado.
  • E o principal: NÃO SURTAR.
Aqui no trabalho, como é órgão público e atendemos gente de todo lado diariamente, já temos álcool em gel pra todo lado e talz. Só ligamos o ar condicionado quando o frio fica intenso demais e deixamos as janelas abertas o quanto dá.  E é o que podemos fazer.

Pirar na batatinha não apenas não resolve a situação, como pode piorar muitão

Pense nisso.

E boa sorte pra todos nós. =/


Bjs.


Denny
Comentário(s)
Comentário(s)