23/12/2014

10 dicas para minimizar prejuízos à saúde no Natal

| |

Com as festas de final de ano começando, muitos já entraram no pique da comilança. Nos grupos em que participo  no Facebook, sobre dieta, o que mais se vê são posts meio que "avisando" que irão enfiar o pé na jaca nas festas, ou pedindo dicas para reparar o estrago depois. Não vou entrar aqui no mérito de dietas. Realmente, nessa época, nos permitimos comer um pouco mais. Mas há uma grande diferença entre participar das refeições e enfiar os dois pés na jaca. Esse tipo de atitude não estraga apenas dietas, mas a saúde como um todo. É muito frequente que pessoas reclamem neste período de indisposição, constipação, enjôos, tonturas, azia, má digestão, refluxo, dor de cabeça, entre outros. Muitos acabam no ciclo de comer, passar mal, comer novamente, apelar para antiácidos e remédios digestivos, comer novamente, exagerar na bebida, eu já citei comer? Hehehehe... Mas é a realidade. 

Sou contra neuras. Acho que uma neurazinha é boa na medida em que não nos deixa jogar o esforço de todo um ano na lata do lixo, mas é preciso leveza. No entanto essa leveza não quer dizer exagerar e detonar o organismo como se o mundo fosse acabar amanhã. Isso já é desespero, e precisa de acompanhamento médico. Mas, contudo, há algumas dicas que podem ajudar a passar por esse período sem tantos estragos e evitando o mal estar que só atrapalha os festejos. Selecionei 10 dicas que podem ser postas em prática e têm excelentes resultados práticos:

  1. Sirva-se em um local e coma em outro. Ficar longe das panelas evita as repetições;
  2. Refogue alimentos com água ao invés de óleo e elimine até 100 calorias do prato;
  3. Sempre que possível, priorize os assados aos fritos;
  4. Se não conseguir fugir das frituras, seque o excesso de gordura do alimento com um guardanapo de papel e elimine até 50 calorias;
  5. Escove os dentes logo após a refeição. Isso evita que você volte a comer ou ataque os doces;
  6. Não beba durante as refeições - isso faz com que o PH do estômago aumente, prejudicando a digestão e fazendo com que o abdome inche;
  7. Após a refeição, tome uma xícara de chá verde misturado ao suco de limão, que é digestivo, diurético e diminui a vontade de doce;
  8. Pegue leve nas bebidas alcoólicas. Além de fazerem mal ao organismo como um todo, as bebidas alcoólicas deixam o metabolismo mais lento e contém muitas calorias;
  9. Invista em couve, salmão, linhaça, brócolis e atum, que auxiliam no metabolismo das gorduras ingeridas nas refeições;
  10. Mastigue bastante e coma devagar, para dar ao cérebro tempo para processar a informação da alimentação e emitir o "aviso" de saciedade. Além disso, o processo facilita a digestão depois.
Bom, 10 dicas simples, fáceis de ser implementadas e que trazem resultados eficientes. E então, quais seus planos para o Natal? Peguem leve!


Beijão!
Comentário(s)
Comentário(s)