25/08/2009

E eu...

| |
Não consigo coordenar direito meus pensamentos. Sério. Aí acabo sem saber o que postar aqui. Faço várias coisas ao mesmo tempo e não me concentro em nenhuma. Esqueço de coisas que me pedem. Esqueço dos meus compromissos.

Ando acelerada. E detesto ficar assim. Até meus pensamentos ficam acelerados, penso muito e não consigo dormir direito. Sonho a noite toda, essa noite acordei gritando e chamando a mãe, hahaha! Só rindo, rs... O grito era no sonho, mas pelo visto passou pra vida real, pq acordei com o cutucão da minha irmãzinha, rs...

No trabalho tudo muito doido, em ritmo de Gripe A, cuidados com tudo, limpando mesas, higienizando alunos, sendo chamada a fazer dúzias de coisas que não me competem. Em casa, layouts na fila de espera e a criatividade em baixa. O Blogspot resolveu encrencar também. Os códigos encrencam, cores que não estão lá aparecem e isso irrita demais. O note tbm está encrencando, ai Virgem Maria, o que eu faço, rs...

Não descontei na comida pq ando meio ruim do estômago, sinto o stress tomando conta. Mas isso não quer dizer emagrecimento, pois sei que quando o stress chega eu corro o risco de empacar. E chega de empacar, cansei.

Preciso parar, respirar fundo, dormir mais cedo, coordenar meus pensamentos e, quem sabe, procurar uma ajudinha química (pra ansiedade). Vai saber?


Bjs povo.


FUIZ...

Obs.: Apenas uma respostinha pro(a) anônimo(a) que não teve ombridade de se identificar nos comentários: se eu quiser tomar remédio para emagrecer, farei sem dilemas de consciência. A "ajudinha química" a que me refiro são remédios para aliviar a ansiedade, pois já tive Síndrome do Pânico e não quero isso de volta. Não posso tomar remédios para emagrecer pelo fato de um dos efeitos colaterais seja essa ansiedade e, como já tenho "inclinação" pra coisa, não vou pôr a minha saúde em risco. Se me sinto tentada a isso? Quem não se sente, meu bem.... Sinceramente, posso ter entendido mal, mas esse comentário me pareceu bem maldosinho, hein? Coisa feia, merece tapa na bunda. Ou ocupar mais a cabeça. Que tal?

Comentário(s)
Comentário(s)