17/09/2014

#100happydays

| |

Eu já havia topado com essa hashtag centenas de vezes pelo Facebook e Instagram. Mas hoje decidi dar uma pesquisada e vi que a coisa é bem mais "organizada" do que eu imaginava. 

O projeto #100happydays tem como objetivo simplesmente fazer as pessoas tomarem decisões que as façam felizes todos os dias, nem que seja para cumprir um desafio fotográfico. A frase principal do projeto é a que ilustra este post:

"Você conseguiria ficar feliz 
durante 100 dias seguidos?"

E o desafio é este. Todos os dias fotografar algo ou algum momento que tenha te feito feliz. E, no caso de um dia ruim, provocar uma situação que te traga um pouco de alegria e fotografar este momento. O texto que inicia a página diz o seguinte:

"Nós vivemos em uma época em que agendas superlotadas se tornaram motivo de orgulho. enquanto a velocidade da vida aumenta, há cada vez menos tempo para aproveitar o momento em que você se encontra. A capacidade de apreciar o momento, o ambiente e você mesmo é a base para uma ponte em direção à felicidade de longo prazo.
71% das pessoas que tentaram completar esse desafio falharam, citando a falta de tempo como principal razão. essas pessoas simplesmente não tinham tempo para ser feliz. Você tem?"

Eu achei a ideia fantástica! O mais bacana é que eles frisam que não é uma competição de felicidade. Se você vai fotografar algo para causar inveja em alguém, ou um momento falso, já perdeu a razão do projeto. O interessante aqui é fotografar e registrar algo que te fez feliz de verdade

Para participar basta acessar o site oficial do projeto, ler a introdução (que eu amei) as instruções (curtinhas!), e registrar-se. E então, passar a postar!


Hoje já publiquei minha primeira participação, a foto de um filhote de pombo perdidinho que se aninhou na minha mão, e só saiu por que precisei soltá-lo para ir trabalhar, rs... 


E você, gostou do projeto? Se for participar, me avisa, me passa seu instagram, ou me segue lá que eu quero acompanhar! (@dennybaptista).

Beijo!
Comentário(s)
Comentário(s)