16/05/2016

Como fazer Manteiga de Garrafa / Ghee / Clarificada

| |

"Como assim, manteiga ghee pode na Dieta Dukan?" Já recebi esta pergunta algumas vezes no snapchat quando mostrei que havia feito manteiga ghee. E já respondo: se você faz a Dieta Dukan, esquece esse negócio de gordura e não choraminga. Mas minha vida não gira em torno da Dukan e eu tenho um marido que não faz a Dieta Dukan e não é obrigado a nada nesse mundo. Mas está em busca de uma vida mais saudável, e nessa busca entra a manteiga ghee. Que hoje vou explicar como se faz neste singelo post.
O tempo vai passando e conforme vamos aprendendo, estudando, vamos descobrindo que a vida e as coisas não são bem assim como achávamos que eram. E a questão da gordura entra nessa nova gama de coisas que venho aprendendo através de muito estudo - amo estudar acerca de nutrição. Há um tempo atrás todo mundo se  borrava de medo de gordura, atletas fazia aqueles omeletes com uma dezena de claras de ovo sem a gema - porque gema tem colesterol, colesterol mata! Foi criada quase uma histeria coletiva contra a gordura (mas do açúcar nada né, rs), e a indústria entrou nesse clima. E com a indústria, muitos e muitos de nós.

Acontece que estudos sérios foram sendo encaminhados há muito tempo já e vêm derrubando estes tabus, um a um. A gordura é ruim? É, mas depende de qual tipo. Eu não vou entrar nos detalhes disso, se algum dia eu resolver falar a respeito, farei um post bem bacana e completo sobre o assunto. Mas por hora não vou entrar na complexidade disso tudo. Só dizer que já fazem alguns meses que óleos vegetais não entram mais aqui em casa. Toda vez que faço alguma comida que leva gordura para o marido, utilizo manteiga ghee (ou comum mesmo) ou azeite de oliva. São mais saudáveis. Não devemos, claro, nos jogar na gordura de cabeça. Ela não precisa ser evitada. Mas também não é para consumir mais do que o necessário.

A diferença da manteiga ghee para a tradicional, é que ao preparar a ghee, a maioria dos elementos que não são gordura, como a lactose e outros detritos, são emilinados, e ao final do processo o que resta é apenas a gordura da manteiga. Ela faz muito menos fumaça que a manteiga comum, outro ponto positivo. Os indianos têm lá outras crenças a respeito da manteiga ghee, mas eu realmente não me ligo nestas coisas, para mim apenas o quesito saúde importa mesmo. Se você for comprá-la, o preço é salgadíssimo. Por isso fazer sai sempre bem mais em conta.

Ela não é difícil de fazer, mas eu acertei pra valer na terceira vez que fiz. Não vou aqui postar vídeo algum ensinando, pois há ótimos vídeos na internet (foi assim que aprendi). Falando nisso, segue o que segui e fez a coisa dar certo de uma vez (há maneiras diferentes de fazer, e essa foi a que funcionou para mim):



Para resumir: 

- Compre uma boa manteiga, para começar. Não precisa ser uma Président da vida, mas uma boa manteiga. Eu faço dois tabletes por vez. Ah, sempre sem sal, ok? 

- Leve ao fogo em uma panela de fundo grosso (evita que ela queime), em fogo alto inicialmente, até que comece a borbulhar (ferver).

- Quando ferver, diminua o fogo para baixo, e vá mexendo sempre.

- Vai se formar uma camada de espuma esbranquiçada, que é a lactose e outros "extras" da manteiga. Siga mexendo que ela irá desaparecer.

- Quando essa espuma desaparecer (nem leva tanto tempo quanto dá a entender no vídeo), você verá uns pedacinhos branquinhos no fundo da panela. Mexa mais um pouco, tomando cuidado para que ela não escureça - e queime. Um ou dois minutos, dependendo da potência do seu fogão.

- Deixe esfriar por uns 10, 15 minutos. Essa parte é bem importante, pois vai facilitar separar os pedacinhos que restaram de lactose e afins da gordura depois. 

- Cubra um coador com gaze (a de curativo mesmo), eu uso duas camadas sempre, e coe em um vidro bem limpo e com tampa hermética de preferência, para evitar a entrada constante de ar, que pode fazer com que ela mofe. O resultado vai ser um líquido dourado, lindo, como o do vídeo.

- Reserve e depois que ela esfriar ela vai ficar parecendo uma pomada amarelada, bem homogênea.


Ela não precisa ser refrigerada, e dura até 2 anos (se feita e armazenada corretamente, claro), e se for refrigerada pode durar até 10 anos (nunca testei por tanto tempo hein, rs). 

Quem faz a dieta paleo / lchf tem nesse tipo de produto um baita aliado. Ou quem pretende seguir uma linha mais saudável!

Beijocão!
Comentário(s)
Comentário(s)