10/05/2016

Sobre fazer sopas e caldos ou como nem todas as coisas são tão complicadas quanto parecem

| |
Imagem por Freepik
Devo confessar que prefiro uma temperatura bem mais baixa que os 17, 20ºC que têm feito aqui no Rio Grande do Sul. No entanto já está M U I T O melhor que nos dias de calor. Quem me conhece sabe: detesto calor. No inverno sou "gente": bem disposta e bem humorada. Mas o papo de hoje é sobre sopas e caldos. Muita gente considera uma boa sopa algo difícil de se fazer, caldo então, quase um prato gourmet. Mas caaaalma meu amiguinho, a coisa é bem mais simples do que você pensa. Vamos desvendar este mistério então?


Sopa nada mais é que um monte de legume, verdura e carnes cozidos juntos. Há sopas de todo tipo: de legumes, canja, de arroz, de milho, de feijão, etc, etc, etc, etc, etc... Mas hoje vamos falar das clássicas sopas de legumes, que são bastante práticas e simples de se fazer, e dos caldos que, se bobear, são mais simples ainda.

Sopa de Legumes

Amiguinho, amiguinha, uma sopa de legumes basicamente pode ter o legume que você quiser. De preferência junte aqueles que você mais gostar. O passo a passo é bem simples. Normalmente estas sopas são feitas com algum tipo de carne, em geral frango ou boi. Ponha uma chaleira de água para ferver e então comece o ritual. A primeira coisa a se fazer é preparar esta carne. Refogá-la em um pouco de óleo (se você faz a Dukan, cuidado aqui!), temperar com cebola e alho, e então acrescentar água quente. É nesta hora que você vai começar a acrescentar os legumes. Porque digo "começar"? Porque o modus operandi reza que se coloque primeiro os legumes que demoram mais a cozinhar, como cenouras, batatas, e depois os que cozinham mais rapidamente. Quando todos estiverem macios, acrescente as verduras - se você utilizar - e os temperos e finalize a sopa.

É sempre mais bonitinho picar os legumes num tamanho não muito grande, e isso também faz com que fiquem prontos mais rapidamente. Uma sopa de legumes é bonita esteticamente, além de ser muito saborosa e nutrir o organismo. Se você preferir, pode depois bater tudo num liquidificador e fazer uma espécie de caldo - mas não fica tão convidativo aos olhos. 

O que costumo usar numa sopa dessas: cenoura, vagem, brócolis, couve-flor, abóbora cabotiá, abobrinha em fios ou couve folha bem picada para fazer as vezes do macarrão também, tomate, pimentão, agrião, espinafre. Vario entre o uso de carnes de frango ou boi e nunca usei peixe. Se faço só para o marido, acrescento uma batata. Logicamente não uso todos estes legumes de uma só vez, mas costumo usar pelo menos 4 ou 5. Você pode escolher seus favoritos.

Dicas:

- Não caia na cilada de picar legumes demais e fazer sopa para uma semana, hein? Vá com calma.
- Abuse dos temperos! São eles que dão sabor à sua sopinha!
- Se estiver em período de emagrecimento, evite batata ou leguminosas com mais amido. Também evite acrescentar queijo, creme de leite, croutons ou macarrão.

Caldos

Os caldos seguem praticamente o mesmo princípio das sopas: legumes cozidos. No entanto, no caso dos caldos, a ordem é liquidificar, para formar o caldo em si. Cozinhe o legume em um pouco de água, depois de macio, leve ao liquidificador. Retorne ao fogo para temperar e pronto. É muito bacana agrupar vegetais por cor, para um caldo mais "bonito" visualmente falando. Daí vêm os nomes: caldo verde, laranja, etc. Você também pode utilizar um legume/verdura em abundância para que predomine. Por exemplo: cozinhe abóbora em um pouco de água. Quando estiver macia, bata no liquidificador, volte ao fogo e tempere. Algumas sugestões:

Caldos verdes: você pode usar brócolis, couve, pimentão, espinafre.
Caldos vermelhos: você pode usar tomates, pimentões vermelhos, beterraba.
Caldos laranja: use abóbora moranga/cabotiá, cenoura.
Caldos brancos: use couve-flor, abobrinha, chuchu, cebola, berinjela.

Não há  mistérios no preparo destas delicinhas, e nem limites para as combinações! E então, animados para pôr a mão na massa?


Beijão!
Comentário(s)
Comentário(s)